O principal objetivo do exame nesta faixa etária é ajudar a avaliar as dificuldades de memória que o adulto com mais de 50 anos ou o idoso estão enfrentando.

Queixas de memória devem ser investigadas através de um exame criterioso e especializado, por vários motivos. Indivíduos com processo normal de envelhecimento podem apresentar queixas e indivíduos com processo de envelhecimento patológico podem não apresentar nenhuma queixa (nestes casos, a queixa de que a memória não está boa é geralmente do cônjuge ou de outro familiar).

Um diagnóstico precoce é muito importante caso haja um processo degenerativo (envelhecimento patológico) incipiente.

 

Muitas vezes é o médico do paciente que solicita o exame para investigar com mais profundidade se a memória está compatível com a idade do seu paciente. Diferentes doenças clínicas (tais como diabetes e hipertensão arterial) podem se associar a problemas de memória. A presença de depressão e o uso de certos medicamentos também podem se associar a problemas de memória.

Veja mais informações sobre o exame

whatsapp-logo-1.png

(21) 9 9309-1243

(21) 2295-3796

(21) 2295-0806

whatsapp-logo-1.png