Segunda via (CNA e Memory Clinic)

A validade de um exame neuropsicológico é relativamente curta (como acontece com vários outros exames complementares), porque alterações presentes num determinado período podem não mais estar presentes após pouco tempo ( tanto em crianças, como adultos e idosos). Um exame pode não ter validade um ano após realizado.

Após a solicitação ser aprovada, o laudo será enviado em até 10 dias. 
INFORMAÇÕES e DOCUMENTOS EXIGIDOS
que devem ser enviados para o e-mail neuropsicologia@idor.org:
a) Informe o NOME COMPLETO do paciente e o ANO em que ele foi realizado. No caso de maiores de idade, somente o próprio paciente pode receber o exame, segundo a lei brasileira (veja abaixo).
b) Anexe a cópia de um DOCUMENTO DE IDENTIDADE no e-mail para comprovar que é você mesmo que está solicitando.
c) No caso de menores de idade é necessário, além de documento com a identidade do menor, a identidade do solicitante, que deve ser o responsável legal. Não é permitido enviar cópia de laudos para familiares que não sejam os responsáveis legais (madrasta, padrasto, avós, tios, etc.). 
d) Não é permitido enviar laudos para pais ou responsáveis caso o paciente atualmente seja maior de idade, mesmo quando o exame foi realizado na ocasião em que ele era menor de idade. Somente ele próprio poderá solicitar a segunda via do laudo.

É proibido o fornecimento de laudo ou prontuário a qualquer familiar de paciente adulto, incluindo cônjuge ou filhos, segundo as resoluções CFM nº 1.638/2002 e CFM 1931/2009 (Código de Ética Médica) e em observância à Lei 10.046/2002 do Código Civil. A proibição se mantem independente da natureza da doença atual ou falecimento. Exceções previstas em lei são solicitação pelo representante legal do paciente (curador designado por juiz) ou deveres legais.